JavaScript must be enabled in order for you to see "WP Copy Data Protect" effect. However, it seems JavaScript is either disabled or not supported by your browser. To see full result of "WP Copy Data Protector", enable JavaScript by changing your browser options, then try again.

Categoria Relacionamentos

Foi cada um pro seu lado

A mão treme pra eu marcá-la num texto que eu li. Sobre amores que já deram o que tinha que dar. Sobre sonhos que já se realizaram e outros que as pessoas já acordaram pra realidade. Eu voltei pra minha vida simples e pacata. Nem sei o quanto ela está indo bem. Tá cada um no seu mundo. Ninguém ultrapassa a linha do silêncio que diz muito. Foi um acordo silencioso sobre cada um seguir em frente. Cada um ir caminhar no seu próprio destino. Cada um dançar sua própria trilha sonora.

Ela desapegou

Ela desapegou. Ninguém me contou, brother. Eu sei! Simplesmente sei. Não a vejo mais chorando pelos cantos. Ela recuperou seu encanto. E nem a vejo mais roendo unha no elevador. No trabalho ela só faz o que tem que fazer.

Você não merece “AMOR” de fim de festa

Pequena, cê não merece amor de fim de festa. Amor requentado. Amor falsificado. Adulterado. “Amor” que é amor até conseguir o que quer. Você merece algo único. Verdadeiro. Sincero. Com cheiro de novo. Com ar de presente e futuro. Para de escolher qualquer coisa. De se entregar a quem só te quer para contar pros brothers. Cê não nasceu pra resumir-se a prêmio de alguém. Não se diminua tanto. Sei que você é espetacular. Que fala francês e um pouco de espanhol. Que leu Leminski. Que ouve Tiago Iorc e Ed Sheeran.

Amor tem que ser recíproco

Não adianta meter os pés pelas mãos. Nem cobrar sentimentos. Coração faz o que quer. Na hora que quer. Talvez demore. Talvez nem role. Talvez fique pra semana que vem. Ou daqui uns 10 anos. Pode ser tarde demais. Pode ser cedo demais. A gente pode nem estar preparado pra quando um sentimento brotar. E nem saber se precisa regar muito. Ou se deixa no sol por pouco tempo. Não tem receita.

Só quem te procura merece te achar

3 palavras. Uma irritação profunda. “E ai sumido(a)?!”. O clichê de noites de sábado. É a típica frase de alguém que lembrou de você por “acaso”, justamente porque as outras opções da lista já foram utilizadas e descartadas. Coincidência hein?! Lembrar de você justamente no sábado a noite, depois das 22h?! Isso vale pra todo mundo. Homem, mulher, menino, menina: NÃO SEJA A BÓIA DE SALVAÇÃO DE FIM DE SEMANA DE NINGUÉM, fechou?!

Página 1 de 612345...Última »